22 mai2012

 

No último final de semana rolou, em Brasília, a primeira eliminatória nacional do maior campeonato mundial de Break Dance do mundo. E quem ganhou foi um brasileiro!  Diante de um público que lotou o Teatro Sesc Garagem, Xandin, como é conhecido no meio, levou a melhor e tem vaga garantida para a próxima qualifier latino americana em Monterrey, México, em julho. Como já adiantamos aqui a OSC vai produzir a grande final mundial em dezembro, na Fundição Progresso, Rio de Janeiro.

 

Para Ronnie, campeão mundial do Red Bull BC One 2007, realizado na Cidade do Cabo (África do Sul), o fator surpresa fez a diferença para a vitória de Xandin. “Ele sabe dançar na música, é carismático, conhece os fundamentos e faz movimentos surpreendentes, totalmente imprevisíveis. O fator surpresa é algo valioso numa batalha”, resumiu Ronnie.

 

Xandin está com 21 anos e começou a dançar aos 17, motivado pelos amigos que o fizeram abandonar o skate para se dedicar ao street dance. “Antes de começar a dançar, fui campeão local de skate na minha cidade por três vezes”, conta o B-Boy que nasceu em Planaltina, cidade próxima à capital federal, Brasília.

 

Sobre sua vitória na Cypher de Brasília, ele acredita que foi um misto de “dedicação à dança com ajuda de Deus”. No entanto, nos dias que precederam a disputa, ele só conseguiu treinar cerca de 1 hora, duas vezes por semana; frequência que considera muito aquém do que costumava fazer em outros tempos. “Treinava três horas todos os dias. Mas, como tenho que trabalhar, me sobra pouco tempo para praticar ultimamente. Acho que terei que deixar o emprego para me dedicar mais à dança, com foco na etapa latino-americana no México”, diz Xandin que trabalha na indústria farmacêutica.

 

A próxima cypher acontece dia 26, em São Paulo. De lá sairá o segundo brasileiro que segue rumo à eliminatória latino-americana.

 

 

OSC
OSC

Comentários

Deixe um Comentário